JORNAL ATOS E FOTOS
Rua Prof. João Falarz, 1774 - CEP: 81280-270
Campo Comprido | Curitiba - PR
(41) 3285.2629 - 9938.9370
contato@atosefotos.com.br

Projeto incentiva apoio de empresas aos jovens

Eles devem ter entre 14 e 18 anos e serem encaminhados para participar dos projetos locais, pelos pais ou responsáveis, e serem cadastrados pela comunidade. Eles devem ter entre 14 e 18 anos e serem encaminhados para participar dos projetos locais, pelos pais ou responsáveis, e serem cadastrados pela comunidade. Foto: Rodrigo Fonseca/CMC

Está tramitando na Câmara Municipal de Curitiba um projeto do vereador Zezinho Sabará (PDT) que sugere fixar em lei o mecanismo para que empresas apoiem iniciativas sociais para jovens em situação de vulnerabilidade social. A matéria (005.00191.2017), protocolada em março, está sob a análise da Comissão de Legislação, Justiça e Redação, onde aguarda votação de parecer.

“O auxílio das empresas para o atendimento de jovens em situação de vulnerabilidade”, diz o texto da lei, “deverá ser mensal, sendo que o valor do auxílio deverá ser de meio salário mínimo vigente, depositado em conta bancária de pessoa jurídica, podendo ser da associação de moradores”. A instituição beneficiada deverá prestar contas “com os extratos bancários e cópias de notas fiscais dos gastos”.

“Muitos jovens desistem de estudar e vão à procura do emprego, sem experiência, para ajudar nas despesas de casa e por serem os mais velhos de uma família de muitos irmãos”, comenta Zezinho. “Como o emprego não está acessível, especialmente, a quem não têm experiência, os jovens ficam expostos a outros tipos de ocupações, muitas vezes margeando a criminalidade por pura falta de oportunidade”, completa.

A redação define como “jovens em vulnerabilidade social” aqueles que vivem em situação de fragilidade socioeconômica. Eles devem ter entre 14 e 18 anos e serem encaminhados para participar dos projetos locais, pelos pais ou responsáveis, e serem cadastrados pela comunidade. Os recursos repassados das empresas às associações civis será usado nos cursos e auxílio aos jovens, conforme planos de trabalho elaborados caso a caso.

“É importante dizer que o projeto é viável, se convertido em lei, visto que a comunidade, a sociedade civil e as empresas estarão envolvidas, avaliando o que será ensinado aos jovens auxiliados por esses recursos financeiros”, reforça Zezinho.

JORNAL ATOS E FOTOS
Rua Prof. João Falarz, 1774 - CEP: 81280-270
Campo Comprido | Curitiba - PR
(41) 3285.2629 - 9938.9370
contato@atosefotos.com.br